Artistas : A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Top
INICIO LETRAS    ARTISTAS    CONCIERTOS BLOG PUBLICAR LETRAS PETICIONES
Lo Nuevo Top 100
Top Artistas Nuevos Biografías
Ayúdanos a mejorar: ¡hazte fan!
COMPÁRTELO
Ahora estás en: Inicio > Letras de Emílio Santiago > Vai Passar

Letra Emílio Santiago, Vai Passar
Letra de la canción y letra de música de Vai Passar de Emílio Santiago.


Añadir a Favoritos Aumentar letra Reducir letra left Nuevo Video

Letra Vai Passar de Emílio Santiago

Vai passar

Vai passar
nesta avenida um samba popular
Cada paralelepípedo da velha cidade
Esta noite, vai se arrepiar

Ao lembrar
que aqui passaram sambas imortais
Que aqui sangraram pelos nossos pés
Que aqui sambaram nossos ancestrais

Num tempo,
página infeliz da nossa história
Passagem desbotada da memória
Das nossas novas gerações

Dormia
a nossa pátria-mae tao distraída
Sem perceber que era subtraída
Em tenebrosas transações

Seus filhos
erravam cegos pelo continente
Levavam pedras feito penitentes
Erguendo estranhas catedrais

E um dia, afinal
Tinham direito à uma alegria fugaz
Uma ofegante epidemia
Que se chamava carnaval

O carnaval, o carnaval

Vai passar
Palmas pra ala dos barões famintos
E o bloco dos Napoleões retintos
E os pigmeus do Boulevard

Meu Deus, vem olhar
Vem ver de perto uma cidade a cantar
A evoluçao da liberdade,
até o dia clarear

Ai, que vida boa, olerê
Ai, que vida boa, olará
O estandarte do sanatório geral
Vai passar

Vai passar
nesta avenida um samba popular
Letra de: http://www.letras1.com/emilio-santiago/vai-passar-letra.html
Cada paralelepípedo da velha cidade
Esta noite, vai se arrepiar

Ao lembrar
que aqui passaram sambas imortais
Que aqui sangraram pelos nossos pés
Que aqui sambaram nossos ancestrais

Num tempo,
página infeliz da nossa história,
Passagem desbotada da memória
Das nossas novas gerações

Dormia
a nossa pátria-mae tao distraída
Sem perceber que era subtraída
Em tenebrosas transações

Seus filhos
erravam cegos pelo continente
Levavam pedras feito penitentes
Erguendo estranhas catedrais

E um dia, afinal
Tinham direito à uma alegria fugaz
Uma ofegante epidemia
Que se chamava carnaval

O carnaval, o carnaval

Vai passar
Palmas pra ala dos barões famintos
E o bloco dos Napoleões retintos
E os pigmeus do Boulevard

Meu Deus, vem olhar
Vem ver de perto uma cidade a cantar
A evoluçao da liberdade,
até o dia clarear

Ai, que vida boa, olerê
Ai, que vida boa, olará
O estandarte do sanatório geral
Vai passar

Vai passar nesta avenida um samba...

---(instrumental e vocal)

Ver esta letra en español
Añadir video de esta canción



Próximos conciertos
Todavía no se conocen próximos conciertos de Emílio Santiago en España.

Ver todos los conciertos de Emílio Santiago


Webs amigas




¡ESCRIBE EN NUESTRO BLOG!
¿Te gusta la música y te gustaría poder escribir noticias en un blog? Desde ahora mismo puedes escribir artículos sobre tus artistas favoritos en nuestro blog de música para que miles de usuarios los lean y opinen sobre ellos.
Además, si son buenos y son de noticias muy recientes, obtendrás una remuneración.
Escribir un artículo


Letras de canciones, letras traducidas, letras de música, letras de boleros, letras latinas, video musicales, discografias, nuevos álbumes, fechas de conciertos, biografías, foros de discusión,...

© 2011 Letras1.com | Aviso Legal - Contacto

eXTReMe Tracker