Artistas : A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Top
INICIO LETRAS    ARTISTAS    CONCIERTOS BLOG PUBLICAR LETRAS PETICIONES
Lo Nuevo Top 100
Top Artistas Nuevos Biografías
Ayúdanos a mejorar: ¡hazte fan!
COMPÁRTELO
Ahora estás en: Inicio > Letras de Zeca Baleiro > O Desejo

Letra Zeca Baleiro, O Desejo
Letra de la canción y letra de música de O Desejo de Zeca Baleiro.


Añadir a Favoritos Aumentar letra Reducir letra left Nuevo Video

Letra O Desejo de Zeca Baleiro

O tempo é cruel, mas é tudo que tem
Tudo mais é sobra, lixo, lata
Prata barata, vintém
Sim, o tempo passa, a vida segue
Nao estanca o corte
Hoje eu nao temo a morte
Azar ou sorte?

Nao há luz que me cegue
Nem há luz que eu siga
Estou só à beira do caminho
A solidao é minha amiga
Lá fora a luz de outono invade a cidade
Lá fora é onde a vida pulsa e curta e bela
Comédia grega, tragédia russa

Eu estou lá e ouço o alarido surdo
O estampilho seco das ruas
Esquinas, vielas
Enquanto você guardado por deus
Conta seus metais por detrás das janelas

Você faz planos, planeja
Deseja, o desejo sangra
Quer uma casa em angra
Quer carro, ipad, família
Filhos na universidade

Você quer rezar, mas para quem?
Se os deuses estao mortos
Nao há mais divindade, ritos
Ninguém pra ouvir você no confessionário
Na noite escura, gelada, vazia
Contando os seus pecados sem perdao
Sua omissao por nao dar a mao
Ao irmao que precisa de cigarros
Comida, água, consolo, camisa

Tanta pobreza humilhada
Tanto canalha no topo
Você é feliz, mas num troco
Porque nenhum bem lhe basta
E a falta, a falta, a falta
A falta, sua vida devasta

Você faz planos, planeja
Deseja, o desejo sangra
Quer uma casa em angra
Quer carro, ipad, família
Filhos na universidade

Seu orgulho te traiu e te jogou no chao

No arizona, bandeira, subvertendo a questao
A marcha da falência dos valores da naçao
Letra de: http://www.letras1.com/zeca-baleiro/o-desejo-letra.html
E quando o salvador é o próprio vilao
Ele salva o velho mundo
Com uma bala de canhao, bum!

Eu sou cachorro louco
Que anda solto pelo mundo
Sem tempo pra ser nada
Além de vagabundo
Eu vou com a galera
Até o topo do mundo
Zeca baleiro e charlie brown
Quebrando tudo

Você se olha no espelho
E vê que tudo é mentira
A vida é uma mentira
Felicidade, mentira
O amor, mentira covarde
Olha pro relógio
E vê o quanto é tarde
Tarde demais pra ser feliz
Seu corpo clama por calma
Mas em sua alma
Quanta ferida sem cicatriz

Quem tudo quer nada tem
Dizia o cego na porta da igreja
Se a paixao morreu
Diga amém! assim seja
Pra todo mal vem o bem
E tudo mais
Esta dura, dura peleja

Você faz planos, planeja
Deseja, o desejo sangra
Quer uma casa em angra
Quer carro, ipad, família
Filhos na universidade

Você faz planos, planeja
Deseja, o desejo manda
Quer ter guitarra e banda
Ir à angra em jantares
Adular endinheirados

No silêncio da noite sem sono
Você se sente como um cao sem dono
E se pergunta o que restou do amor
Do sonho, pura ambiçao
Só suor, lágrimas, sangue
Perda, pó e solidao
E pra dor que rói a carne tesa sob a pele fina
Nao há um só remédio em toda medicina

Ver esta letra en español
Añadir video de esta canción



Próximos conciertos
Todavía no se conocen próximos conciertos de Zeca Baleiro en España.

Ver todos los conciertos de Zeca Baleiro


Webs amigas




¡ESCRIBE EN NUESTRO BLOG!
¿Te gusta la música y te gustaría poder escribir noticias en un blog? Desde ahora mismo puedes escribir artículos sobre tus artistas favoritos en nuestro blog de música para que miles de usuarios los lean y opinen sobre ellos.
Además, si son buenos y son de noticias muy recientes, obtendrás una remuneración.
Escribir un artículo


Letras de canciones, letras traducidas, letras de música, letras de boleros, letras latinas, video musicales, discografias, nuevos álbumes, fechas de conciertos, biografías, foros de discusión,...

© 2011 Letras1.com | Aviso Legal - Contacto

eXTReMe Tracker